O que é enxaqueca?

Publicado: abril 9, 2013 em Sem-categoria
Image

Os pacientes com enxaqueca receberam de alguém da família os genes da doença. Embora em apenas um tipo mais raro de enxaqueca, a hemiplégica familiar, tenha sido evidenciado o cromossomo 19 como responsável pela transmissão de um parente para outro, aceita-se hoje que os demais tipos, inclusive os mais comuns, como a enxaqueca sem aura, também sejam herdados através de genes.

Como reconhecer a enxaqueca?

As crises de enxaqueca apresentam-se como:

  • Dor pulsátil ou latejante (podendo ser em pressão ou aperto) nas regiões da fronte e têmpora;
  • A dor se apresenta mais de um lado da cabeça (em 40% dos pacientes é dos dois lados);
  • A intensidade é moderada a severa ou severa;
  • Geralmente incapacita o paciente para as suas atividades normais;
  • Se inicia leve e progressiva;
  • Piora com esforços ou atividades físicas;
  • Duram em média de 4 a 72 horas quando não são tratadas ou o são de forma ineficaz, geralmente terminando de forma gradual.

São associadas a pelo menos dois dos sintomas abaixo:

  • Enjôo ou vomitos
  • Intolerância à claridade ou a ruídos (foto e fonofobia)

Após as crises, algumas pessoas sentem-se ótimas, enquanto outras, como se um “trator” tivesse passado por suas cabeças, sentindo, inclusive, dor intensa no couro cabeludo.

Sinais de alerta

Há pessoas que sentem que vão ter uma crise de enxaqueca antes de a dor aparecer, a partir de “avisos” que o organismo pode fornecer. Por vezes, estes avisos se iniciam inespecíficos, um dia ou algumas horas antes, com sensações do tipo:

  • Desconforto na cabeça;
  • Bocejos frequentes;
  • Irritabilidade;
  • Perda da capacidade de concentração ou raciocínio;
  • Diarreia;
  • Desejo exagerado por algum tipo de alimento ou aversão total;
  • Desconforto abdominal;
  • Palidez (muito frequente em crianças);

Esses sinais chamam-se PRÓDROMOS e não estão presentes em todos os sofredores de enxaqueca, ou então, em um mesmo paciente, estão presentes antes de alguns episódios, mas não de todos. Quando os sinais são mais intensos, antecedendo a crise em menos de duas horas e apresentando-se como dormência ou diminuição da força muscular em um lado ou parte do corpo, observação de pontos ou raios luminosos ou brilhantes e perda total ou parcial de uma parte do campo de visão, os chamamos de AURA.

Fonte: DORDECABEÇA

http://www.dordecabeca.com.br/categoria/dor-de-cabeca/enxaqueca/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s