Pacientes ocupam salas isoladas no HDT, mas equipamentos de segurança hospitalar não funcionam

Publicado: maio 12, 2009 em Sem-categoria

Desde o final de semana já se sabe que o vírus H1N1, que causa a gripe suína, pode estar presente também em Alagoas. Mas ao que parece o governo estadual não está dando a devida atenção à doença presente em todos os noticiários nacionais e internacionais.

Uma psicóloga que recentemente fez uma viagem ao México está internada no Hospital de Doenças Tropicais Doutor Hélvio Auto (HDT) em uma sala comum, sem qualquer equipamento especial para evitar a disseminação do vírus. O hospital deveria possuir uma sala de pressão negativa, que é a mais adequada para tratar casos semelhantes ao vivido em Alagoas.

A sala de pressão negativa possui um equipamento responsável por filtrar o ar do ambiente, impedindo que o vírus se espalhe para outros ambientes do hospital. Há seis anos a Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) recebeu R$ 100 mil do Ministério da Saúde para construir essa sala.

Os funcionários do HDT que interagem com os casos suspeitos receberam como proteção óculos, luvas, avental e uma máscara que filtra o ar inalado, a N95, que não garantem completamente a não-infecção pelo vírus. Atualmente os pacientes com suspeita de infecção pelo vírus da gripe suína estão em salas isoladas do hospital. A recomendação do Ministério da Saúde é o isolamento em uma enfermaria de pressão negativa.

As informações são do SITE:novoextra

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s